RECICLAGEM

Reciclagem, como praticá-la
O Programa de Coleta Seletiva regulamentado pelo Decreto nº 48799 de 9 de outubro de 2007 conta atualmente com 18 Centrais de Triagem que possibilitam a geração de renda, emprego e inclusão social para 1049 pessoas que estavam à margem da sociedade. A importância do programa não se restringe ao seu caráter social, afinal de contas, a preocupação ambiental acompanha as diretrizes que norteiam a coleta seletiva.
Volume coletado:
No ano de 2009, a média do material coletado, através do Programa de Coleta Seletiva, representou uma média de 120 toneladas por dia. 
Regiões atendidas:

Atualmente dos 96 distritos existentes no Município de São Paulo, 74 são contemplados pela Coleta de Materiais Recicláveis realizada pelas Centrais e pelas Concessionárias, ficando a sua coordenação sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Serviços, por intermédio do Departamento de Limpeza Urbana – LIMPURB, estabelecendo normas e procedimentos para sua implementação, gerenciamento, fiscalização e controle.
Pontos de Entrega Voluntária (PEV):

Entre os equipamentos utilizados na Coleta Seletiva, são 3811 PEV´s instalados em locais específicos e a implantação da conteinerização através da instalação de PEV´s (Pontos de Entrega Voluntária) de 1.000 litros e 2.500 litros para material reciclável, em estacionamentos de bancos, supermercados, escolas municipais, estaduais e particulares, universidades e condomínios.
Condomínios participantes:

Temos 1871 condomínios residenciais participantes do Programa de Coleta Seletiva, sendo utilizado 2876 conteineres.

Como participar da Coleta Seletiva?

Se a sua rua for contemplada pela coleta porta a porta, e não for possível a instalação de contêiner, o munícipe pode participar do programa da seguinte forma:
Os resíduos poderão ser disponibilizados em vias públicas, este procedimento é correto, pois o dia e período da coleta seletiva diferem da coleta dos resíduos orgânicos. Lembramos que não é necessária a separação do material reciclável por tipo, pois os mesmos serão separados pelas cooperativas nas Centrais de Triagem.

O munícipe só precisa separar o material seco do úmido e disponibilizá-lo no dia e período da coleta.

Dicas de como separar o lixo para coleta:
-Plásticos: lave-os bem para que não fiquem restos do produto, principalmente no caso de detergentes e xampus, que podem dificultar a triagem e o aproveitamento do material
-Vidros: lave-os bem e retire as tampas
-Metais: latinhas de refrigerantes, cervejas e enlatados devem ser amassados ou prensados para facilitar o armazenamento
-Papéis: podem ser guardados diretamente em sacos plásticos
Lembrando que não é necessária a separação do material reciclável por tipo, somente separar o material seco do úmido.
(Fonte – limpurb – www. prefeitura.sp.gov.br)



Altacoppo Ind. Com. Produtos Descartáveis Ltda.
Rua dos Tucanos 235, Parque industrial - CEP 06.330-281 - Carapicuíba – SP
(11) 11 3935-4488 - Fax (11) 3935-4137

Copyright © 1995-2010 Todos os direitos reservados a Altacoppo Ind. Com. Produtos Descartáveis Ltda.